Raízen e BYD se unem para criar pontos de recarga de carros elétricos

Serão 600 pontos em postos Shell de oito capitais em três anos, com mais de 18 MW de potência instalada

Por Ilana Cardial

 

Raízen e a BYD fecharam uma parceria para aumentar os pontos de recarga de veículos elétricos do Brasil. Serão instalados 600 novos pontos em postos Shell, com mais de 18 MW de potência instalada, em oito capitais do país nos próximos três anos, conforme comunicado ao mercado nesta manhã.

Os eletropostos começarão a ser implementados a partir de 2024 nas cidades de São Paulo, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Brasília, Curitiba, Florianópolis, Salvador e Belém. A expectativa da Shell é que seus hubs de recarga elétrica estejam presentes em todo território nacional até 2025.  

A energia utilizada será 100% renovável. O acordo foi feito por meio da Raízen Power, braço de soluções de energia elétrica renovável da Raízen criado em maio do ano passado. 

 Sem dar detalhes, as empresas preveem uma oferta competitiva de serviços de recarga para motoristas BYD, com descontos na rede Shell Recharge, e energia renovável para seus concessionários. 

Ampliar a infraestrutura de recarga é crucial para os planos de avanço da BYD, maior fabricante de carros elétricos do mundo – à frente da Tesla, de Elon Musk. A montadora chinesa também será a primeira a fabricar os veículos 100% elétricos no Brasil, em Camaçari (BA).  

“Acreditamos que é crucial ter uma infraestrutura de recarga robusta e amplamente distribuída. À medida que embarcamos no nosso ambicioso plano de expansão de vendas, é essencial investir em infraestrutura de recarga”, disse Stella Li, vice-presidente executiva da BYD e CEO da BYD Américas, em nota. 

As empresas não informam o volume investido. A parceria conta com a colaboração da Tupinambá Energia, plataforma para gestão  e controle do carregamento de veículos elétricos.


Fonte: https://capitalreset.uol.com.br/transicao-energetica/transportes/raizen-e-byd-se-unem-para-criar-pontos-de-recarga-de-carros-eletricos/